Artigos

2.6: Resumo e outras leituras - Matemática


Neste capítulo, pensamos nos elementos das encomendas como descritores de recursos, com a ordem detalhando se um recurso poderia ser obtido de outro. Mais abstratamente, essas pré-ordens monoidais foram vistas como exemplos de categorias enriquecidas, ou categorias V, sobre a pré-ordem monoidal simétrica Bool. Mudando Bool para a pré-encomenda monoidal simétrica Custo, chegamos aos espaços métricos de Lawvere, uma ligeira generalização da noção usual de espaço métrico. Em termos de recursos, Custo-categorias nos dizem o custo de obtenção de um recurso de outro.

Nesse ponto, procuramos ter uma ideia melhor das categorias-V de duas maneiras. Primeiro, apresentamos várias construções importantes: mudança de base, functores, produtos. Em segundo lugar, vimos como apresentar categorias-V usando gráficos rotulados; aqui, talvez de forma surpreendente, vimos que a multiplicação de matrizes fornece um algoritmo para calcular os objetos hom a partir de um gráfico rotulado.

As teorias de recursos são discutidas com muito mais detalhes em [CFS16; Sex17]. Os autores fornecem muitos outros exemplos de teorias de recursos na ciência, incluindo em termodinâmica, a teoria de Shannon dos canais de comunicação e emaranhamento quântico. Eles também discutem mais sobre a teoria numérica do que nós, incluindo o cálculo da taxa assintótica de conversão de um recurso para outro.

Enriquecimento é uma noção fundamental na teoria das categorias, e voltaremos a ela no Capítulo 4, generalizando a definição para que as categorias, em vez de meras encomendas, possam servir como bases de enriquecimento. Nesse cenário mais geral, ainda podemos realizar as construções que introduzimos na Seção 2.4 - mudança de base, functores, produtos - e muitos outros; a referência confiável, mas de forma alguma fácil, sobre este é o livro de Kelly [Kel05].

Embora as encomendas fossem familiares antes do surgimento da teoria das categorias, os espaços métricos de Lawvere são uma bela generalização da noção anterior de espaço métrico (simétrico), que se deve, bem, a Lawvere. Uma exploração mais profunda do que o gosto que demos aqui pode ser encontrada em seu artigo clássico [Law73], onde ele também discute ideias como completude de Cauchy em termos da teoria da categoria e que, portanto, generalizam para outras configurações categóricas.

Observamos que, embora qualquer pré-encomenda monoidal simétrica possa servir como base para o enriquecimento, certas pré-encomendas - quantales - são melhores do que outras. Quantales são bem conhecidos por links para outras partes da matemática também. A palavra quantal é na verdade uma maleta de "local quântico", onde quântico se refere à física quântica, e local é uma estrutura fundamental na topologia. Para uma introdução do tamanho de um livro de quantales e suas aplicações, pode-se verificar [Ros90]. A noção de categorias fechadas cartesianas, posteriormente generalizadas para categorias fechadas monoidais, deve-se a Ronnie Brown [Bro61].

Observe que, embora tenhamos considerado apenas quantais comutativos, a variedade não comutativa também surge naturalmente. Por exemplo, o conjunto de potência de qualquer monóide forma um quantal que é comutativo se o monóide o for. Outro exemplo é o conjunto de todas as relações binárias em um conjunto X, onde a multiplicação é uma composição relacional; isso é não comutativo. Esses quantales não comutativos têm aplicação à teoria da concorrência e, em particular, à semântica de processos e autômatos; consulte [AV93] para obter detalhes.


2.6: Resumo e outras leituras - Matemática

Capítulo 1 Semântica em Linguística

1.2 Semântica e Semiótica

1.3 Três desafios em fazer semântica

1.4 Enfrentando os desafios

1.5 Semântica em um modelo de gramática

1.6 Algumas premissas importantes

Capítulo 2 Significado, Pensamento e Realidade

2.3 Referência como uma teoria do significado

2.4 Representações Mentais

2.5 Palavras, conceitos e pensamento

Parte 2 Descrição Semântica

3.2 Palavras e categorias gramaticais

3.3 Palavras e itens lexicais

3.4 Problemas com a identificação do significado das palavras

3.6 Relações Derivacionais

Capítulo 4 Relações de frase e verdade

4.3 Verdade necessária, uma verdade prioritária e analiticidade

Capítulo 5 Semântica de frase 1: situações

5.2 Situações de classificação

5.3 Modalidade e Evidencialidade

Capítulo 6 Semântica de frase 2: participantes

6.1 Introdução: Classificando Participantes

6.3 Relações gramaticais e papéis temáticos

6.4 Verbos e grades temáticas de papéis

6.5 Problemas com papéis temáticos

6.6 A motivação para identificar papéis temáticos

6.8 Classificadores e classes de substantivos

Capítulo 7 Contexto e inferência

7.7 Implicatura Conversacional

Capítulo 8 Funções da linguagem: fala como ação

8.2 Teoria dos atos de fala de Austin

8.3 Categorizando atos de fala

Parte 3 Abordagens Teóricas

Capítulo 9 Componentes de Significado

9.2 Relações Lexicais na CA

9.4 Regras gramaticais e componentes semânticos

9.5 Componentes e padrões de conflação

9.6 Estrutura Conceitual de Jackendoff

9.7 Léxico Gerativo de Pustejovsky

9.8 Problemas com Componentes de Significado

Capítulo 10 Semântica formal

10.2 Semântica Teórica Modelo

10.3 Traduzindo o Inglês para uma Metalinguagem Lógica

10.4 A Semântica da Metalinguagem Lógica

10.5 Verificando o valor da verdade das sentenças

10.6 Significado da palavra: Postulados de significado

10.7 Quantificadores de linguagem natural e lógica de ordem superior

10.9 Abordagens Dinâmicas para Discurso

Capítulo 11 Semântica Cognitiva

Soluções para exercícios selecionados

Esta série excepcional é um recurso indispensável para alunos e professores - uma introdução concisa e envolvente para os assuntos centrais da linguística contemporânea. Pressupondo nenhum conhecimento prévio por parte do leitor, cada volume expõe as habilidades e conhecimentos fundamentais do campo e, portanto, fornece a plataforma educacional ideal para um estudo mais aprofundado em lingüística.

1 Andrew Spencer Fonologia
2 John I. Saeed Semântica, terceira edição
3 Barbara Johnstone Análise do Discurso, Segunda Edição
4 Andrew Carnie Sintaxe, segunda edição

Esta terceira edição foi publicada pela primeira vez em 2009

Histórico da edição: Blackwell Publishers Ltd (1e, 1997) Blackwell Publishing Ltd (2e, 2003)

A Blackwell Publishing foi adquirida pela John Wiley & amp Sons em fevereiro de 2007. O programa de publicação da Blackwell foi fundido com os negócios científicos, técnicos e médicos globais da Wiley para formar a Wiley-Blackwell.

John Wiley & amp Sons Ltd, The Atrium, Southern Gate, Chichester, West Sussex, PO19 8SQ, Reino Unido

350 Main Street, Malden, MA 02148–5020, EUA

9600 Garsington Road, Oxford, OX4 2DQ, Reino Unido

The Atrium, Southern Gate, Chichester, West Sussex, PO19 8SQ, UK

Para obter detalhes sobre nossos escritórios editoriais globais, atendimento ao cliente e informações sobre como solicitar permissão para reutilizar o material protegido por direitos autorais neste livro, consulte nosso website em www.wiley.com/wiley-blackwell.

O direito de John I. Saeed de ser identificado como o autor deste trabalho foi afirmado de acordo com o Copyright, Designs and Patents Act 1988.

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, armazenada em um sistema de recuperação ou transmitida, em qualquer forma ou meio, eletrônico, mecânico, fotocópia, gravação ou outro, exceto conforme permitido pelo Copyright, Designs and Patents Act 1988 do Reino Unido, sem a permissão prévia do editor.

A Wiley também publica seus livros em uma variedade de formatos eletrônicos. Alguns conteúdos impressos podem não estar disponíveis em livros eletrônicos.

As designações usadas pelas empresas para distinguir seus produtos são frequentemente consideradas marcas registradas. Todos os nomes de marcas e produtos usados ​​neste livro são nomes comerciais, marcas de serviço, marcas comerciais ou marcas registradas de seus respectivos proprietários. O editor não está associado a nenhum produto ou fornecedor mencionado neste livro. Esta publicação foi projetada para fornecer informações precisas e confiáveis ​​em relação ao assunto abordado. É vendido sob o entendimento de que o editor não se dedica à prestação de serviços profissionais. Se for necessária orientação profissional ou outra assistência especializada, os serviços de um profissional competente devem ser procurados.

Dados de Catalogação na Publicação da Biblioteca do Congresso

Semântica / John I. Saeed. - 3ª ed.

p. cm. - (Apresentando a lingüística 2)

Inclui referências bibliográficas e índice.

ISBN 978–1–4051–5639–4 (pbk .: papel alcalino) 1. Semântica. I. Título.

Um registro de catálogo para este livro está disponível na Biblioteca Britânica.

Para Joan, Alexander e Isabel

1.1Componentes da gramática
1.2Referência e sentido no vocabulário
2.1Redes conceituais
5.1Tempos simples
5.2Pretérito complexo
9.1Regras de projeção
9.2Estrutura conceitual do exemplo 9.81 como uma estrutura de árvore
9.3Estrutura conceitual do exemplo 9.82 como uma estrutura de árvore
9.4Estrutura conceitual do exemplo 9.84 como uma estrutura de árvore
9.5Classes semânticas de nominais
10.1Instantes no fluxo do tempo
10.2Intervalos de tempo
11.1Contenção
11.2Esquema de caminho
11.3Compulsão
11.4Bloqueio
11.5Remoção de restrição
11.6Prototípico de cima para baixo senso de sobre
11.7Sam subiu a colina
11.8O acima senso de sobre
11.9O cobertura senso de sobre
11.10Versão multiplex do cobertura senso de sobre
11.11Conector de imagem pessoal
11.12Conector da mente do mundo
11.13Conector imagem-pessoa
11.14Primeira interpretação de No filme, Michelle é uma bruxa
11.15Segunda interpretação de No filme, Michelle é uma bruxa
11.16Leitura transparente do exemplo 11.37
11.17Leitura opaca do exemplo 11.37
11.18Mistura Se Clinton fosse o Titanic
11.19Esquema de evento prototípico
11.20Criação de perfil dentro da cadeia de ação
11.21A camera esta na mesa

8.1Possíveis marcadores somalis de tipo de frase

Esta é uma introdução à semântica para leitores novos no assunto. O objetivo do livro não é propor uma nova teoria da semântica, nem promover qualquer abordagem atual única, mas dar ao leitor acesso a algumas das ideias centrais no campo e uma introdução a alguns de seus escritores mais importantes. A semântica, no entanto, é um campo muito amplo e diverso e manter o livro em um tamanho administrável envolveu uma seleção bastante firme de tópicos. Inevitavelmente, esta seleção não agradará a todos, mas espero que os leitores consigam ter uma ideia de como é fazer semântica e obter a base para avançar para um material mais avançado e especializado na literatura primária.

O livro não assume nenhum conhecimento de semântica, mas assume uma ideia geral do que é a linguística, e alguma familiaridade com sua divisão tradicional em campos como fonética, fonologia, morfologia, sintaxe, etc. Portanto, seria útil se o leitor já tivesse olhado para uma introdução geral à linguística.

O livro está organizado em onze capítulos, agrupados em três seções principais. Parte I, Preliminares, consiste nos dois primeiros capítulos e se preocupa com o lugar da semântica na linguística e suas relações com as disciplinas de filosofia e psicologia, que compartilham alguns dos mesmos interesses. Parte II, Descrição Semântica, é a parte principal do livro e apresenta tópicos centrais na análise do significado de palavras e frases. Parte III, Abordagens Teóricas, analisa três importantes teorias semânticas: teoria componencial, semântica formal e semântica cognitiva.

Cada capítulo inclui um conjunto de exercícios para permitir ao leitor explorar as questões levantadas e sugestões para leituras futuras. Esta será uma pequena seleção de trabalhos que fornecem investigações acessíveis dos tópicos do capítulo. No texto, há um grande número de referências à literatura semântica. Freqüentemente, serão trabalhos especializados demais para serem tentados antes que o leitor conclua este livro, mas são fornecidos para que quaisquer interesses particulares possam ser acompanhados.

Exemplos de diferentes idiomas são dados na transcrição da fonte original e são comentados apenas quando for pertinente à discussão. Uma lista de símbolos e abreviações usados ​​neste texto é fornecida na lista de Abreviações e Símbolos nas pp. Xix-xx.

Usei este livro como um texto em meus cursos no Centre for Language and Communication Studies, Trinity College Dublin. Gostaria de agradecer a meus alunos por suas respostas e comentários, que foram inestimáveis ​​para colocar o texto em sua forma atual. Agradeço a Philip Jaggar, Mark Keane, James Levine e Feargal Murphy, que leram todo o manuscrito e fizeram muitas sugestões, que melhoraram o livro e me salvaram dos meus piores erros. Também sou grato àqueles que comentaram sobre seções específicas, discutiram dados específicos de linguagem e me forneceram materiais de base, em particular Abdullahi Dirir Hersi, Barbara Abbott, Martin Emms, Tim Fernando, Jim Jackson, Jeffrey Kallen, Ruth Kempson, Patricia Maguire, Cathal O Háinle, Sarah Smyth, Tadaharu Tanomura, Ib Ulbaek, Tony Veale, Carl Vogel e Sheila Watts. Obviamente, nenhuma das opções acima é responsável pelo resultado final do livro, que é inteiramente minha responsabilidade. O primeiro rascunho do livro foi escrito enquanto eu desfrutava da hospitalidade acadêmica do Departamento de Línguas e Culturas Africanas da Escola de Estudos Orientais e Africanos da Universidade de Londres. Gostaria de agradecer aos membros desse departamento, em particular Dick Hayward e Philip Jaggar, por tornar meu tempo lá tão agradável e lucrativo. Essa visita foi financiada pelo Trinity College Dublin Arts and Social Sciences Benefactions Fund.

Esta terceira edição foi revisada e atualizada e inclui uma nova seção de soluções sugeridas para exercícios selecionados. Mais uma vez, gostaria de agradecer aos leitores e usuários do livro que me enviaram seus comentários e sugestões. Gostaria de agradecer novamente a Tony Veale por seus conselhos sobre semântica cognitiva e a Carl Vogel por seu apoio como colega. Enquanto planejava esta edição, fui um pesquisador visitante no Centro de Pesquisa de Tipologia Linguística da Universidade La Trobe e gostaria de agradecer a Bob Dixon e Sasha Aikhenvald e seus colegas por sua hospitalidade generosa e por fornecer um ambiente tão estimulante. Por fim, gostaria de agradecer a Joan, Alexander e Isabel por seu amor e apoio.

O trecho do roteiro de Interiores no capítulo 7 é usado com permissão, © 1977 United Artists Corporation. Todos os direitos reservados.


2.6: Resumo e outras leituras - Matemática

Funções de Green em Física Quântica (Terceira Edição) Por Eleftherios N. Economou

MathSchoolinternational.com contém houndreds de eBooks gratuitos de física. Que cobrem quase todos os tópicos da física. Para ver uma lista extensa de e-books de Física Quântica. Esperamos que você goste desses livros.

'

Funções de Green na Física Quântica (Terceira Edição) escrito por Eleftherios N. Economou . A nova edição de uma referência padrão será de interesse para alunos avançados que desejam se familiarizar com o método das funções de Green para obter soluções simples e gerais para problemas básicos em física quântica. A parte principal é dedicada ao tipo mais simples de funções de Green, ou seja, as soluções de equações diferenciais lineares com uma fonte de função-a. É mostrado que essas funções familiares de Green são uma ferramenta poderosa para obter soluções relativamente simples e gerais de problemas básicos, como espalhamento e informações de nível de limite. O tratamento de nível limitado fornece uma compreensão física clara de questões "difíceis", como supercondutividade, o efeito Kondo e, em um grau menor, localização induzida por distúrbio. O assunto mais avançado das funções de Green de muitos corpos é apresentado na última parte do livro. Esta terceira edição é 50% mais longa que a anterior e oferece problemas e soluções de fim de capítulo (40% são resolvidos) e apêndices adicionais para ajudá-la a servir como um auto-tutorial eficaz e uma referência auto-suficiente. Ao longo, ele demonstra o formalismo poderoso e unificador das funções de Green em muitas aplicações, incluindo propriedades de transporte, nanotubos de carbono e fotônica e cristais fotônicos.

Funções de Green na Física Quântica (Terceira Edição) escrito por Eleftherios N. Economou cobrir os seguintes tópicos.


Índice

Introdução para todos os leitores

Introdução para instrutores

1. Por que editar e revisar são necessárias

1.1 A dificuldade de escrever

1.3 Qualidade na tradução

1.4 Limites para edição e revisão

1.5 O papel adequado da revisão

2.2 Editando, reescrevendo e adaptando

2.3 Edição mental durante a tradução

2.4 Editando inglês não nativo

2.5 Edição coletiva de conteúdo gerado pelo usuário

3.2 Erros de ortografia e digitação

4.1 Adaptando a linguagem aos leitores

4.3 Legibilidade versus inteligibilidade e lógica

4.4 Edição estilística durante a tradução

5.1 Estrutura física de um texto

5.3 Problemas com títulos

5.4 Edição estrutural durante a tradução

6.1 Edição de conteúdo em nível macro

6.5 Edição de conteúdo durante a tradução

6.6 Edição de conteúdo após tradução

7. Transedição por Jungmin Hong

7.1 Transedição versus tradução

7.2 Transedição estrutural

7.4 Estrutura combinada e edição trans de conteúdo

7.5 Transedição com tipo de texto alterado

7.6 Transedição de vários textos de origem

8. Verificação de consistência

8.1 Graus de consistência

8.2 Pré-arranjando consistência

8.3 Bancos de dados de tradução e consistência

9. Auxílios de computador para verificação

9.3 Trabalhar na tela ou no papel?

9.4 Funções de edição de processadores de texto

9.5 Que tipo de ambiente de tela?

9.6 Ferramentas específicas para revisão

10.1 Revisão: uma tarefa de leitura

10.4 Revisão e especialização

10.5 A função de revisão em serviços de tradução

10.6 Confiança na auto-revisão

10.7 Reduzindo diferenças entre revisores

10.8 Revisão coletada

10.9 Revisão de traduções para o segundo idioma do revisor

10.10 Verificação de qualidade pelos clientes

10.12 Equilibrando os interesses dos autores, clientes, leitores e tradutores

10.13 Avaliação dos revisores

10.15 Quantidade de revisão

11. Os parâmetros de revisão

11.13 Especificações do cliente

12.1 A necessidade de revisão por um segundo tradutor

12.2 Determinando o grau de revisão

12.2.1 Quais parâmetros serão verificados?

12.2.2 Que nível de precisão e qualidade de escrita é necessário?

12.2.3 Verificação total ou parcial?

12.3 Algumas consequências da revisão menos que completa

12.4 A importância relativa dos parâmetros de transferência e linguagem

12.5 Uma abordagem "boa o suficiente" para a revisão

13.1 Procedimento para encontrar erros

13.2 Princípios para corrigir e melhorar

13.4 Lidando com problemas não resolvidos

13.6 Verificando a apresentação

13.7 Prevenindo erros estratégicos

13.8 Obtendo ajuda do tradutor

13.9 Procedimentos, economia de tempo e qualidade

Resumo das técnicas para detectar erros

e evitando a introdução de erros

14.1 Integração da auto-revisão na produção da tradução

14.3 O termo "auto-revisão"

15. Revisando o trabalho de outros

15.1 Relações com revisados

15.4 Pesquisa durante a revisão

16. Revisão de traduções mediadas por computador de Carlos Teixeira

16.1.1 Reparando sugestões de memória de tradução

16.2.1 Diferentes "níveis" de pós-edição

16.2.2 Tipos de edições necessárias

16.2.3 Exemplos de pós-edição

16.3 Integração de memória de tradução e tradução automática

16.4 Tradução automática interativa

Apêndice 2. Avaliação da Qualidade

Apêndice 3. Esquema de classificação quantitativa

Apêndice 4. Amostra de revisão

Apêndice 5. Revisando e editando o vocabulário

Apêndice 6. Pesquisa empírica na revisão


Recursos

Métodos para melhor incorporar preocupações sobre questões ambientais e sociais nas decisões de design–Desde o nível de produtos e processos de fabricação às fábricas e sistemas de fluxo de material –são discutidos.

Um conjunto completo de problemas de lição de casa está incluído.

Um conjunto de vugraphs permite que os professores apresentem desde o início um curso sofisticado e independente que é de alto interesse para ciências ambientais, política ambiental e escolas de engenharia de todos os tipos.


J. I. Saeed, Semântica

JOHN I. SAEED (Trinity College, Dublin), Semântica (terceira edição), Blackwell Publishing, nov. 2008, 480 p.

Isbn 13 (ean): 9781405156394

Présentation de l'éditeur:

A terceira edição deste livro popular fornece uma introdução envolvente e acessível à semântica para alunos novos no campo.

Explora os conceitos e métodos básicos do campo e discute algumas das mais importantes linhas de pesquisa contemporâneas
Contém novas soluções para exercícios de capítulo a fim de familiarizar o aluno com a prática da descrição semântica
Totalmente revisado e atualizado para refletir os desenvolvimentos teóricos recentes
Inclui novas seções sobre classificadores e classes de substantivos, bem como integração conceitual

John I. Saeed é Professor Associado de Linguística e Chefe da Escola de Linguística, Fala e Ciências da Comunicação, Trinity College, University of Dublin. Ele é autor de vários livros, incluindo Gramática de referência da Somália (segunda edição, 1993) e Somali (1999).

Lista de Figuras e Tabelas
Prefácio
Abreviações e Símbolos

Parte I: Preliminares
1. Semântica em Linguística
1.1 Introdução
1.2 Semântica e Semiótica
1.3 Três desafios em fazer semântica
1.4 Enfrentando os desafios
1.5 Semântica em um modelo de gramática
1.6 Algumas premissas importantes
1.7 Resumo
Leitura adicional
Exercícios
2. Significado, pensamento e realidade
2.1 Introdução
2.2 Referência
2.3 Referência como uma teoria do significado
2.4 Representações Mentais
2.5 Palavras, conceitos e pensamento
2.6 Resumo
Leitura adicional
Exercícios

Parte II: Descrição Semântica
3. Significado da palavra
3.1 Introdução
3.2 Palavras e categorias gramaticais
3.3 Palavras e itens lexicais
3.4 Problemas com a identificação do significado das palavras
3.5 Relações Lexicais
3.6 Relações Derivacionais
3.7 Universais Lexicais
3.8 Resumo
Leitura adicional
Exercícios
4. Relações de sentença e verdade
4.1 Introdução
4.2 Lógica e Verdade
4.3 Verdade necessária, uma verdade prioritária e analiticidade
4.4 Entailment
4.5 Pressuposto
4.6 Resumo
Leitura adicional
Exercícios
5. Semântica de frases 1: Situações
5.1 Introdução
5.2 Situações de classificação
5.3 Modalidade e Evidencialidade
5.4 Resumo
Leitura adicional
Exercícios
6. Semântica da frase 2: participantes
6.1 Introdução: Classificando Participantes
6.2 Funções Temáticas
6.3 Relações gramaticais e papéis temáticos
6.4 Verbos e grades temáticas de papéis
6.5 Problemas com papéis temáticos
6.6 A motivação para identificar papéis temáticos
6,7 Voz
6.8 Classificadores e classes de substantivos
6.9 Resumo
Leitura adicional
Exercícios
7. Contexto e inferência
7.1 Introdução
7.2 Deixis
7.3 Referência e Contexto
7.4 Conhecimento como Contexto
7.5 Estrutura de Informação
7.6 Inferência
7.7 Implicatura Conversacional
7,8 Resumo
Leitura adicional
Exercícios
8. Funções da linguagem: fala como ação
8.1 Introdução
8.2 Teoria dos atos de fala de Austin
8.3 Categorizando atos de fala
8.4 Atos de fala indireta
8.5 Tipos de sentença
8.6 Resumo
Leitura adicional
Exercícios

Parte III: Abordagens Teóricas
9. Componentes de Significado
9.1 Introdução
9.2 Relações Lexicais na CA
9.3 Teoria Semântica de Katz
9.4 Regras gramaticais e componentes semânticos
9.5 Componentes e padrões de conflação
9.6 Estrutura Conceitual de Jackendoff
9.7 Léxico Gerativo de Pustejovsky
9.8 Problemas com Componentes de Significado
9,9 Resumo
Leitura adicional
Exercícios
10. Semântica formal
10.1 Introdução
10.2 Semântica Teórica Modelo
10.3 Traduzindo o Inglês para uma Metalinguagem Lógica
10.4 A Semântica da Metalinguagem Lógica
10.5 Verificando o valor da verdade das sentenças
10.6 Significado da palavra: Postulados de significado
10.7 Quantificadores de linguagem natural e lógica de ordem superior
10.8 Intensionalidade
10.9 Abordagens Dinâmicas para Discurso
10.10 Resumo
Leitura adicional
Exercícios
11. Semântica Cognitiva
11.1 Introdução
11.2 Metáfora
11.3 Metonímia
11.4 Esquemas de imagem
11.5 Polissemia
11.6 Espaços Mentais
11.7 Gramática Cognitiva de Langacker
11,8 Resumo
Leitura adicional
Exercícios
Soluções para exercícios selecionados
Bibliografia
Índice


Sobre o autor

ROSS ANDERSON é Professor de Engenharia de Segurança na Universidade de Cambridge, na Inglaterra. Ele é amplamente reconhecido como uma das maiores autoridades mundiais em segurança. Em 2015, ele ganhou a Medalha Lovelace, o maior prêmio da Grã-Bretanha em computação. Ele é membro da Royal Society e da Royal Academy of Engineering. Ele é um dos pioneiros da economia da segurança da informação, sistemas peer & # 45to & # 45peer, análise de API e segurança de hardware. Nos últimos 40 anos, ele também trabalhou ou prestou consultoria para a maioria das grandes empresas de tecnologia.


Teoria quântica

Este texto, pela primeira vez, apresenta a teoria quântica da perspectiva dos fundamentos físicos e aplicações práticas - de computadores quânticos para comunicação segura. Requer um mínimo de matemática e virtualmente nenhum conhecimento prévio de física, e é acessível a alunos de graduação e alunos de disciplinas relacionadas.

Descrição

Este texto, pela primeira vez, apresenta a teoria quântica da perspectiva dos fundamentos físicos e aplicações práticas - de computadores quânticos para comunicação segura. Requer um mínimo de matemática e virtualmente nenhum conhecimento prévio de física, e é acessível a alunos de graduação e alunos de disciplinas relacionadas.

  • Abordagem única e tópica da teoria quântica no nível universitário inicial
  • O material pode ser tratado em um curso de um semestre
  • 80 exercícios testados em sala de aula, com manual de soluções disponível online no final de 2021
  • Material tutorial, como resumos de capítulos, leituras adicionais e ajudas de navegação (e-book)

Sobre os autores)

Jochen Rau, professor de matemática, RheinMain University of Applied Sciences

Jochen Rau formou-se em física e matemática pela Goethe University Frankfurt, University of Cambridge e Duke University, e também fez pesquisa de pós-doutorado nos Institutos Max Planck em Heidelberg e Dresden, no Centro Europeu de Estudos Teóricos em Física Nuclear e Áreas Relacionadas. como na Universidade Técnica de Darmstadt. Ele lecionou física teórica na Goethe University Frankfurt e na Ulm University, e atualmente é professor de matemática na RheinMain University of Applied Sciences.

Índice

    1. Introdução
    1.1: Algumas evidências experimentais
    1.2: Lógica
    1.3: Probabilidade
    Resumo do capítulo
    Exercícios
    2. Raciocínio sobre as medições
    2.1: Proposições Testáveis
    2.2: Estados alcançáveis
    2.3: Conhecimento Máximo
    2.4: As Operações E e OU
    2.5: Composição
    2.6: Conjuntos permutáveis
    2.7: Medindo um Estado
    2.8: Preparando um Estado
    Resumo do capítulo
    Leitura Adicional
    Exercícios
    3. Probabilidade no Espaço de Hilbert
    3.1: Álgebra Linear em uma Casca de Noz
    3.2: Proposições e Estados
    3.3: Sistema de dois níveis
    3.4: Observáveis ​​e Transformações
    3.5: Sistemas Compostos
    3.6: A questão da realidade
    3.7: Limite Clássico
    Resumo do capítulo
    Leitura Adicional
    Exercícios
    4. Computação
    4.1: Portas e Circuitos
    4.2: Universalidade
    4.3: Computação Baseada em Medição
    4.4: Algoritmo Deutsch-Jozsa
    4.5: Estados Fundamentais e Otimização Clássica
    4.6: Simulação
    4.7: Medição de alta precisão
    Resumo do capítulo
    Leitura Adicional
    Exercícios
    5. Comunicação
    5.1: Informação Clássica
    5.2: Informação Quântica
    5.3: Criptografia
    5.4: Codificação superdensa e teletransporte
    Resumo do capítulo
    Leitura Adicional
    Exercícios
    Referências
    Índice

Avaliações

"É hora de apresentar a teoria quântica de uma maneira diferente, à luz de todos os trabalhos recentes em Informação Quântica. Rau refletiu sobre isso em grande detalhe. O conteúdo foi testado e parece atraente." - Lucien Hardy, Perimeter Institute, Waterloo

"Preenche uma lacuna importante no mercado e pode ser usado em uma variedade de departamentos (como ciência da computação) como uma primeira introdução à teoria quântica." - Philip Goyal, Universidade de Albany

"Um livro incrível, que apresenta tanto a física básica quanto a matemática de uma forma lindamente abrangente." - Bart Selman, Cornell University


Disponibilidade

Edições de reimpressão agora estão disponíveis para ambos os volumes que corrigem (quase) todas as erratas das primeiras impressões. Você pode saber qual versão impressa está olhando para os números na parte inferior da página de direitos autorais, que contam a partir de 10. Se a série parar em 1, você tem a impressão original. Se a série parar em 2, você terá a segunda impressão, etc.

Musimathics está disponível em sua livraria local independente e na maioria das livrarias da Internet:

Diga Musimathics ao seu mecanismo de pesquisa favorito para outras listagens.

Educadores: siga este link para Solicitar Exame / Cópia de Musimática.

Musimat, a linguagem de programação musical de demonstração discutida no Volume 1, está agora disponível para download.

Errata - sim, infelizmente, foram encontrados erros na Musimática. Aqui está uma lista de erros conhecidos.


Gerenciando a inovação é o texto mais vendido para alunos de graduação e pós-graduação e um clássico na área. Enfatizando ferramentas e recursos práticos e baseados em evidências, este título fornece aos alunos a base de conhecimento para gerenciar com sucesso a inovação, a tecnologia e o desenvolvimento de novos produtos. A abordagem holística aborda a interação entre os mercados, a tecnologia e a organização, ao mesmo tempo que relaciona o conjunto exclusivo de habilidades necessárias para gerenciar a inovação e os processos de inovação.

A sexta edição de Gerenciando a inovação continua a incluir as populares seções "Inovação em ação" em cada capítulo, que agora são intituladas de estudos de caso, e também apresenta uma série de novos casos, notas de pesquisa novas e atualizadas e referências, e links para vídeos, entrevistas de áudio, atividades e estudos de caso. A sexta edição também apresenta novo material sobre temas de inovação emergentes, incluindo inovação do modelo de negócios, inovação do usuário, crowd-sourcing, criatividade, empreendedorismo, inovação de serviço, serviços públicos e muito mais.

O ritmo acelerado da evolução do campo trouxe um aumento nas abordagens e habilidades multidisciplinares, ao mesmo tempo em que expandiu o kit de ferramentas disponível e empurrou os limites das possibilidades adiante. Este texto fornece navegação especializada por meio da abundância de novos dados, novos métodos, novos conceitos e abordagens - mas é projetado para encorajar e apoiar experimentação sob medida, não substituí-la. Equipado com uma base sólida e uma mentalidade de gestão de inovação produtiva, os alunos de hoje estarão equipados para realizar os próximos grandes avanços da era.


Descrição

Este é o e-book do livro impresso e não pode incluir nenhuma mídia, códigos de acesso ao site ou suplementos impressos que possam vir embalados com o livro encadernado.

Escrito para informar os alunos sobre os principais princípios, conceitos e resultados de pesquisas das principais teorias de aprendizagem - especialmente no que se refere à educação - e para fornecer aplicações de princípios e conceitos em ambientes onde ocorre o ensino e a aprendizagem, este texto revisado combina teoria, pesquisa e aplicativos por toda parte, fornecendo a seus leitores uma perspectiva coerente e unificada sobre a aprendizagem em ambientes educacionais. A ênfase principal é colocada em teorias cognitivas que enfatizam as construções dos alunos de crenças, habilidades, estratégias e conhecimento, mas as teorias comportamentais também são discutidas em detalhes. Os capítulos têm inúmeras aplicações de princípios de aprendizagem para configurações aplicadas, incluindo vinhetas no início de cada capítulo ilustrando alguns dos princípios discutidos no capítulo, exemplos e aplicações ao longo dos capítulos e seções separadas sobre aplicações instrucionais no final de cada capítulo.

As principais características deste texto revisado incluem: um novo capítulo sobre Autorregulação (Capítulo 9), capítulos centrais sobre a neurociência da aprendizagem (Capítulo 2), construtivismo (Capítulo 6), processos de aprendizagem cognitiva (Capítulo 7), motivação (Capítulo 8) e desenvolvimento (Capítulo 10), todos relacionados ao ensino e aprendizagem de seções atualizadas sobre a aprendizagem da tecnologia e da mídia eletrônica e como esses avanços promovem efetivamente a aprendizagem dos alunos (Capítulos 7 e 10), informações detalhadas sobre a aprendizagem da área de conteúdo e modelos de instrução a serem formados coerência e conexão entre ensino e aprendizagem em diferentes áreas de conteúdo, princípios de aprendizagem e processos (capítulos 2-10) e mais de 140 novas referências sobre as mais recentes ideias teóricas, resultados de pesquisas e aplicações no campo. An essential resource for understanding key learning theoretical principles, concepts, and research findings–especially as they relate to education–this proven text blends theory, research, and applications throughout, providing its readers with a coherent and unified perspective on learning in educational settings.