Artigos

8: De volta à série de potências


  • 8.1: Convergência Uniforme
    Agora vamos chamar nossa atenção de volta para a questão que originalmente motivou essas definições, “Por que as séries de Taylor são bem comportadas, mas as séries de Fourier não são necessariamente?” Mais precisamente, mencionamos que sempre que uma série de potências converge, então o que quer que seja para o qual converge era contínuo. Além disso, se diferenciarmos ou integrarmos essas séries termo por termo, a série resultante convergirá para a derivada ou integral da série original. Este nem sempre foi o caso da série de Fourier.
  • 8.2: Convergência Uniforme - Integrais e Derivados
    Vimos na seção anterior que se f (n) é uma sequência de funções contínuas que converge uniformemente para f em um intervalo, então f deve ser contínua também no intervalo. Isso não era necessariamente verdade se a convergência fosse apenas pontual, como vimos uma sequência de funções contínuas definidas em (−∞, ∞) convergindo pontualmente para uma série de Fourier que não era contínua na linha real. A convergência uniforme garante algumas outras propriedades interessantes também.
  • 8.3: Raio de convergência de uma série de potências
    Nós desenvolvemos máquinas suficientes para observar a convergência das séries de potência.
  • 8.4: Problemas de Fronteira e Teorema de Abel
    As integrações que realizamos no Capítulo 2 são legítimas devido ao teorema de Abel, que estende a convergência uniforme aos pontos finais do intervalo de convergência, mesmo se a convergência em um ponto final for apenas condicional. Abel não utilizou o termo convergência uniforme, pois ainda não havia sido definido, mas as ideias envolvidas são dele.

Miniatura: Niels Henrik Abel. (domínio público).


8: De volta à série de potências

Nenhuma reivindicação de originalidade absoluta é feita para este material. Como disse um homem: "Eu ordeno muitas vacas, mas bato minha própria manteiga." Por favor, use esses sermões conforme a orientação do Senhor, mas nada neste site pode ser usado para lucro sem minha permissão expressa por escrito!

Série de Sermões

As riquezas da graça de Deus

Uma série expositiva do livro de Efésios

Amanhecer de um novo dia
(Uma série expositiva do livro de Josué)

Perdedor, Leigos e Líderes

Um estudo dos juízes de Israel

Melhoria da casa

01 - Um mais um é igual a um - Mateus 19: 4-6
02 - A Firm Family Foundation - Gênesis 2: 18-25
03 - Vamos Conversar - Efésios 4: 25-5: 2
04 - O caso da masculinidade piedosa - Efésios 5: 21-6: 4
05 - Colocando uma mulher em seu lugar - 1 Timóteo 2: 9-15
06 - Paternidade de acordo com o livro - Deuteronômio 6: 1-9
07 - Crescendo Juntos - Efésios 6: 1-4

Adoração Bíblica:
O que é e por que é importante

Joseph: Deus quis isso para sempre

The Baptist Deacon Series

Jesus: o servo sofredor

De volta para o Futuro
(51 Sermões Expositivos sobre o Livro do Apocalipse)

Grandes convites da Bíblia
(12 Sermões Expositivos sobre os Grandes Convites da Bíblia.)

As experiências de prisão da Bíblia

David: um homem segundo o coração de Deus
(24 Sermões Expositivos sobre a Vida do Rei David)

A Bíblia: a palavra perfeita de Deus

Eis o cordeiro

Momentos com o mestre

Departamento de achados e perdidos de Deus

Abraão: Seguindo os Passos da Fé

O Decálogo: Os Dez Mandamentos

Josué: Reivindicando Sua Canaã

O livro de Ruth: perseguido pela graça

Elias, o profeta de confronto e coragem

Portrais de Jesus na Galeria de João

O livro de romanos

O Livro do Apocalipse

(Para dar crédito a quem o crédito é devido, esta série baseia-se fortemente no trabalho do Dr. Jerry Vines. Esta série de sermões foi preparada no final dos anos 1980. Eu era um pregador bivocacional muito jovem e ocupado. nesta série, alguém me deu um conjunto de sermões em fita que o Dr. Vines pregou enquanto era pastor na Igreja Batista de Roma Ocidental em Roma, GA no início dos anos 1970. Sua habilidade, pesquisa e trabalho no texto bíblico formaram muito do base para esta série. Obrigado, Dr. Vines.)

Uma visão bíblica do fim dos tempos

Doutrinas bíblicas básicas

(Observe: Esta série de sermões foi pregada pela primeira vez pelo Dr. Adrian Rogers, quando ele era o pastor da Igreja Batista Bellevue em Memphis, TN. Os resumos do Dr. Rogers podem ser encontrados neste link: http://www.bellevue.org/)

Série Casa e Família

Um casamento feito no paraíso - Gênesis 2: 18-25 (casamento)
A Maior Empresa do Mundo - Deuteronômio 6: 1-9 (Criação de Crianças)
De Dreadlock para Casamento - Efésios 5: 22-33 (Casamento)
A Palavra de Deus aos Casais - 1 Coríntios 7: 1-5 (Casamento)
A Palavra de Deus para os solteiros - 1 Coríntios 7: 6-9 (Vida de solteiro)
Palavra de Deus para os separados - 1 Coríntios 7: 10-16 (Casamento, Divórcio e Novo Casamento)
A Palavra de Deus sobre o seu dinheiro - Marcos 12: 41-44 (Finanças e doações)

Série de Oração

Reuniões e viagens

Estarei pregando em New Prospect Baptist Churchem Horton, AL, 23 a 27 de julho de 2018. O pastor é Kenneth Shelton.

A igreja está localizada em: 1393 County Highway 38 Horton, AL.

Por favor, junte-se a uis para uma reunião, se puder. Por favor, ore de qualquer maneira.

Por favor, verifique a página do DVD se você estiver interessado em obter um DVD, ou se estiver interessado em obter o site da Web e milhares de sermões adicionais em uma unidade flash USB.

Oferta de novos recursos!

Se você gostaria de receber meus novos sermões semanalmente, você pode se inscrever através do Paypal usando o botão abaixo. O custo é $60.00, que vai comprar 1 ano de atualizações semanais de sermões. Uma vez por semana, todos os novos sermões serão enviados por e-mail para sua caixa de entrada. Com este novo serviço, você não terá mais que esperar até que o site seja atualizado para ter acesso aos meus novos sermões.


Poder: Starz Anuncia Três Novas Sequências de TV

Poder transmitiu seu final no Starz no domingo, mas os fãs não viram o último Poder universo na rede de cabo. Uma sequência da série já foi anunciada, e mais três foram anunciadas no domingo.

Os fãs verão Power Book II: Ghost, Power Book III: Elevando Kanan, Power Book IV: Influência e Power Book V: Força no Starz em algum momento no futuro. Mary J. Blige vai estrelar Power Book II: Ghost.

Starz revelou mais sobre a expansão do Poder universo em um comunicado de imprensa. Verifique isso abaixo.

Poder foi uma das séries de maior sucesso na televisão paga premium durante seus seis anos de duração, obtendo mais de 10 milhões de visualizações multiplataforma em suas duas últimas temporadas.

Com o lançamento do expandido Poder Universo, tudo de novo Poder a série estará disponível exclusivamente em Starz & # 8217 presença global em sua plataforma internacional STARZPLAY, dando aos assinantes em todo o mundo acesso aos episódios day and date com os EUA pela primeira vez.

& # 8220Na história da televisão, apenas alguns programas selecionados inspiraram quatro extensões de séries consecutivas, lançadas em produção e desenvolvimento ativos ao mesmo tempo, & # 8221 disse Jeffrey Hirsch, presidente e CEO da Starz. & # 8220Estes capítulos novos e emocionantes continuarão a jornada de alguns dos personagens mais controversos de Power & # 8217s, enquanto apresentam um conjunto crescente de personagens complexos e distintos, juntamente com o drama de alta octanagem que colocou Power em uma classe própria. & # 8221

Além do anunciado anteriormente POWER BOOK II: GHOST, que começará de onde a série original parou, estrelando a cantora de renome mundial e indicada ao Oscar (R) Mary J. Blige, Method Man e vários membros do elenco original & # 8220Power & # 8221, uma prequela e duas sequências spinoff receberam sinal verde. Todas as quatro séries serão produzidas pela Lionsgate Television.

POWER BOOK III: AUMENTANDO O KANAN & # 8211 a história prequela que leva os espectadores de volta aos & # 821790s e aos primeiros anos do icônico & # 8220Power & # 8221 personagem Kanan Stark.

POWER BOOK IV: INFLUÊNCIA que segue Rashad Tate (interpretado por Larenz Tate) em sua busca implacável pelo poder político.

POWER BOOK V: FORCE em que os fãs vão cavalgar junto com Tommy Egan (interpretado por Joseph Sikora) depois que ele corta as gravatas e coloca Nova York em seu espelho retrovisor para sempre.

O Poder as séries são produzidas executivamente pela criadora e apresentadora da série Courtney A. Kemp, por meio de sua empresa End of Episode, e Curtis & # 822050 Cent & # 8221 Jackson, por meio de sua G-Unit Film and Television. Também atuando como produtores executivos na série estão Mark Canton através de seu Atmosphere Entertainment MM, End of Episode & # 8217s Chris Salek e Danielle DeJesus, Shana Stein e Bart Wenrich. Lionsgate TV produz a série para STARZ. & # 8221

Starz também lançou um trailer de Power Book II: Ghost, que provoca a expansão do universo. Verifique isso agora.

O que você acha? Você está feliz em ver o Poder expansão do universo?


Berkshire Hathaway se oferece para gastar US $ 8,3 bilhões em usinas de energia de emergência no Texas

Russell Gold

Katherine Blunt

A Berkshire Hathaway Inc., de Warren Buffett, está apresentando aos legisladores do Texas um plano de gastar US $ 8,3 bilhões para construir usinas de energia que funcionariam durante emergências de eletricidade, um mês depois que o estado sofreu apagões devastadores.

Chris Brown, o presidente-executivo da Berkshire Hathaway Energy Infrastructure, disse que poderia construir 10 grandes usinas de gás natural que operariam apenas em momentos de extrema necessidade e não competiriam de outra forma no mercado de energia do estado. Ele disse que as usinas poderiam estar operacionais em novembro de 2023.

“O estado e seus residentes devem ter uma fonte confiável de geração de energia reserva durante emergências para proteger os residentes e empresas”, disse o Sr. Brown. “Este é um plano quebre o vidro em caso de emergência.”

Em fevereiro, metade das usinas de energia do estado falhou durante uma forte onda de frio, forçando a operadora da rede a instituir blecautes generalizados que duraram quatro dias.

A legislatura do Texas precisaria aprovar mudanças em suas leis para permitir que um novo serviço público regulamentado fornecesse energia de reserva de emergência.

Continue lendo seu artigo com uma associação WSJ


Folha de dados de switches de 10 Gbps da plataforma Cisco Nexus 5600

Nos data centers de hoje, as implantações de virtualização se tornaram comuns e essa tendência está aumentando rapidamente com a disponibilidade de servidores 10 Gigabit Ethernet a preços atraentes. A combinação de maior adoção desses servidores e aplicativos com requisitos de largura de banda mais altos está aumentando a necessidade de comutação de Ethernet de 10 e 40 Gigabit densa. Além disso, as arquiteturas do data center estão mudando à medida que os ambientes de aplicativos criam novas demandas para a infraestrutura de TI. As cargas de trabalho de aplicativos são implantadas em uma combinação de servidores virtualizados e não virtualizados e infraestrutura de armazenamento, exigindo uma infraestrutura de rede que forneça conectividade, segurança e visibilidade consistentes em uma variedade de ambientes bare-metal, virtualizados e de computação em nuvem.

A plataforma Cisco Nexus & reg 5600 é a terceira geração de switches Cisco Nexus 5000 Series: os switches de acesso a servidores de data center líderes da indústria. Os switches da plataforma Cisco Nexus 5600 podem ser categorizados em
Switches de 10 Gbps e 40 Gbps. Esta folha de dados concentra-se apenas nos switches de 10 Gbps. Os switches da plataforma Cisco Nexus 5600 de 10 Gbps são os sucessores dos switches da plataforma Cisco Nexus 5500 amplamente adotados pela indústria. Os switches mantêm todos os recursos da plataforma Cisco Nexus 5500 existentes, incluindo convergência de LAN e SAN (portas unificadas e Fibre Channel sobre Ethernet [FCoE]), extensores de malha e Cisco & reg FabricPath. Além disso, os switches de 10 Gbps da plataforma Cisco Nexus 5600 trazem recursos integrados de camada 2 e 3 de taxa de linha com suporte verdadeiro de 40 Gigabit Ethernet (em uplink e portas voltadas para a rede), inovações de malha programáveis ​​Cisco, virtualização de rede usando encapsulamento de roteamento genérico ( NVGRE), ponte e roteamento de LAN virtual extensível (VXLAN), programabilidade e visibilidade de rede, grande capacidade de buffer e escalabilidade e desempenho significativamente maiores para ambientes altamente virtualizados, automatizados e em nuvem.

Os switches de 10 Gbps da plataforma Cisco Nexus 5600 incluem switches 1-Rack-Unit (1RU) e 2RU desenvolvidos para atender aos desafios dos data centers de hoje com um design flexível, ágil e de baixo consumo de energia. Esses switches de 10 Gbps são um componente importante da arquitetura Cisco Unified Data Center, complementando os switches Cisco Nexus existentes. Esses switches de baixo consumo de energia oferecem 10 e 40 Gigabit Ethernet e FCoE, fornecendo recursos integrados das camadas 2 e 3 na velocidade do cabo e baixa latência de aproximadamente 1 microssegundo para qualquer tamanho de pacote. Com uma escolha de entrada do lado da porta e opções de fluxo de ar de entrada do lado do ventilador para alinhar com a colocação de corredor frio e corredor quente no data center, os switches de 10 Gbps são projetados para uma ampla gama de data centers tradicionais e em grande escala implantações de nuvem virtualizada.

Os switches de 10 Gbps, juntamente com o sistema operacional Cisco NX-OS Software, fornecem aos clientes recursos e capacidades amplamente implantados em data centers em todo o mundo. O NX-OS é um sistema operacional de data center desenvolvido especificamente para desempenho, resiliência, escalabilidade, capacidade de gerenciamento e programação. Ele atende aos requisitos de rede de armazenamento e Ethernet, fornecendo um conjunto de recursos robusto e abrangente que pode atender aos requisitos exigentes de virtualização e automação em data centers atuais e futuros.

Os switches de 10 Gbps da plataforma Cisco Nexus 5600 são projetados para implantação Top-of-Rack (ToR) e Middle-of-Row (MoR) em data centers que oferecem suporte a aplicativos corporativos, hospedagem de provedor de serviços e ambientes de computação em nuvem.

Modelos e configurações

Os switches de 10 Gbps da plataforma Cisco 5600 vêm com essas configurações.

Switch Cisco Nexus 5672UP

● O switch Cisco Nexus 5672UP (Figura 1) é um switch Ethernet de 10 e 40 Gigabit (40 Gbps em uplink e portas voltadas para a rede) que oferece desempenho wire-speed para até 72 portas Ethernet 10 Gigabit (usando Quad Small Form -Fator plugável [QSFP] cabos breakout). Os switches Cisco Nexus 5672UP são switches de 10 e 40 Gigabit Ethernet não bloqueantes de Camada 2 e 3 e com capacidade de FCoE com até 1,44 Terabits por segundo (Tbps) de largura de banda interna. O Cisco Nexus 5672UP oferece 48 portas Ethernet fixas de 1 e 10 Gigabit, das quais as últimas 16 portas (destacadas em laranja no chassi para facilitar a identificação) são portas unificadas. Todas as 48 portas fixas suportam Ethernet clássica e FCoE. Além disso, as 16 portas unificadas fornecem Fibre Channel de 8, 4 e 2 Gbps, bem como opções de conectividade 10 Gigabit Ethernet e FCoE. O Cisco Nexus 5672UP também oferece 6 portas de 40 Gbps usando transceptores QSFP para suporte Ethernet e FCoE. O Cisco Nexus 5672UP possui três módulos de ventilador e duas fontes de alimentação. O Cisco Nexus 5672UP oferece suporte a VXLAN em modos de ponte e roteamento em todas as portas na taxa de linha, permitindo a migração de máquinas virtuais entre servidores em redes de Camada 3. O switch também oferece até 15 créditos de buffer a buffer por porta, ajudando a fornecer extensão de SAN de até 3,7 quilômetros em velocidade de Fibre Channel de 8 Gbps, assumindo tamanho de quadro Fibre Channel completo de 2112 bytes.

O Cisco Nexus 5672UP é construído com os componentes mostrados na Figura 2. O Cisco Nexus 5672UP tem duas fontes de alimentação 1 + 1 redundantes e hot-swap e três ventiladores independentes hot-swap com suporte para redundância 2 + 1.

O Cisco Nexus 5672UP oferece suporte para opções de fluxo de ar de entrada do lado da porta (alça vermelha) e do lado do ventilador (alça azul) para montagem flexível.

Switch Cisco Nexus 5672UP-16G

● O switch Cisco Nexus 5672UP-16G (Figura 3) é um switch Ethernet de 10 e 40 Gigabit (40 Gbps em uplink e portas voltadas para a rede) que oferece desempenho wire-speed para até setenta e duas portas Ethernet 10 Gigabit (usando QSFP cabos de fuga). Os switches Cisco Nexus 5672UP-16G são switches de 10 e 40 Gigabit Ethernet sem bloqueio de Camada 2 e 3 e com capacidade de FCoE com até 1,44 Tbps de largura de banda interna.

O Cisco Nexus 5672UP-16G oferece 48 portas 10 Gigabit Ethernet, das quais as primeiras 24 portas são capazes de fazer Ethernet 1 / 10G e as últimas 24 portas (destacadas em laranja no chassi para fácil identificação) são portas unificadas que suportam 16- , 8-, 4- e 2-Gbps Fibre Channel. Todas as 48 portas fixas suportam Ethernet clássica e FCoE.

As 24 portas unificadas fornecem 16-, 8-. Fibre Channel de 4 e 2 Gbps, bem como opções de conectividade 10 Gigabit Ethernet e FCoE. O Cisco Nexus 5672UP-16G também oferece 6 portas de 40 Gbps usando transceptores QSFP para suporte Ethernet e FCoE. O Cisco Nexus 5672UP-16G tem três módulos de ventilador e duas fontes de alimentação e oferece suporte a VXLAN em modos de ponte e roteamento em todas as portas na taxa de linha, permitindo a migração de máquinas virtuais entre servidores em redes de Camada 3. O switch também oferece até 128 créditos de buffer a buffer por porta, ajudando a fornecer extensão de SAN de até 16 quilômetros em velocidade de Fibre Channel de 16 Gbps, assumindo tamanho de quadro Fibre Channel completo de 2122 bytes.

A plataforma Cisco Nexus 5672UP-16G é construída com os componentes mostrados na Figura 4. O Cisco Nexus 5672UP-16G tem duas fontes de alimentação 1 + 1 redundantes e hot-swap e três ventiladores independentes hot-swap com suporte para redundância 2 + 1.

O Cisco Nexus 5672UP-16G oferece suporte para opções de fluxo de ar de entrada do lado da porta (alça vermelha) e do lado do ventilador (alça azul) para montagem flexível.

Switch Cisco Nexus 56128P

O switch Cisco Nexus 56128P (Figura 5) é um switch 2RU que suporta 2,56 Tbps de largura de banda em 48 portas SFP + Ethernet de 1 e 10 Gigabit fixas e quatro portas QSFP + de 40 Gbps. As 48 portas no chassi base suportam 10 Gigabit Ethernet e FCoE. As 4 portas QSFP suportam 40 Gigabit Ethernet e FCoE.

O Cisco Nexus 56128P também oferece dois slots para um Módulo de Expansão Genérico (GEM). O GEM (Figura 6) para o Cisco Nexus 56128P fornece 24 portas SFP + para 10 Gigabit Ethernet e FCoE ou Fibre Channel de 2-, 4- e 8 Gbps e 2 portas QSFP + para 40 Gigabit Ethernet e FCoE. O módulo de expansão suporta 40 Gigabit Ethernet nativo nas portas QSFP +. O GEM é compatível apenas com o chassi Cisco Nexus 56128P e pode ser preenchido em qualquer um dos dois slots de expansão.

O Cisco Nexus 56128P é construído com os componentes mostrados na Figura 7. O Cisco Nexus 56128P tem quatro fontes de alimentação redundantes 2 + 2 com troca automática e quatro ventiladores independentes 3 + 1 redundantes com troca automática. O Cisco Nexus 56128P é compatível com as opções de fluxo de ar de entrada do lado da porta (alça vermelha) e do lado do ventilador (alça azul).

O Cisco Nexus 56128P oferece suporte aos modos de ponte e roteamento VXLAN em todas as portas na taxa de linha, permitindo a migração de máquinas virtuais entre servidores em redes de Camada 3.

Com a plataforma Cisco Nexus 5600 de 10 Gbps, as organizações podem atualizar os data centers existentes de forma rápida e fácil por meio da óptica Cisco bidirecional (BiDi) avançada, que permite o uso de fibra Ethernet 10 Gigabit existente (um par de fios de fibra multimodo) para transportar 40 Gigabit Ethernet para a camada de agregação ou para a coluna (em uma configuração folha e coluna) sem a necessidade de qualquer alteração na infraestrutura de cabeamento existente. Além disso, a plataforma pode ser implantada em configurações MoR ou EoR para atender aos requisitos de conectividade Ethernet de 10 e 40 Gigabit de vários racks ou pods.

Quando usados ​​com os extensores de malha Cisco Nexus série 2000, os switches de 10 Gbps da plataforma Cisco Nexus 5600 podem oferecer suporte a ainda mais servidores em um design de camada de acesso e agregação recolhida, suportando conectividade Ethernet de 1 e 10 Gigabit em vários racks.

A seguir estão alguns dos principais recursos dos switches de plataforma Cisco Nexus 5600 10 Gbps:

Otimização para virtualização e implantações em nuvem: Hoje, os servidores de alto desempenho implantados na nuvem podem suportar muito mais máquinas virtuais e cargas de trabalho do que nunca. O requisito de ser capaz de implantar novos servidores sob demanda aumenta a pressão sobre a estrutura da rede. Os switches de 10 Gbps abordam esse desafio fornecendo escalabilidade e desempenho, tornando-os uma excelente plataforma para atender às necessidades atuais e futuras.

Densidade e resiliência: Construídos para os data centers de hoje, os switches são projetados da mesma forma que os servidores aos quais oferecem suporte. As portas e conexões de energia estão na parte traseira, perto das portas do servidor, ajudando a manter o comprimento dos cabos o mais curto possível e oferecendo aos servidores em rack benefícios tradicionalmente oferecidos apenas em servidores blade. Os módulos de energia e ventilador com troca a quente podem ser acessados ​​no painel frontal, onde as luzes de status oferecem uma visão rápida da operação do switch. O resfriamento de frente para trás ou de trás para a frente é consistente com os designs de servidor, suportando designs de corredor quente e frio de data center eficientes. A facilidade de manutenção é aprimorada com todas as unidades substituíveis pelo cliente acessíveis a partir do painel frontal.

Eficiência energética: Os switches de 10 Gbps ajudam os data centers a operar dentro de seus parâmetros de espaço, energia e resfriamento, ao mesmo tempo que reduzem suas pegadas de carbono. As fontes de alimentação do switch também são capazes de manter 90 por cento de eficiência em condições de carga de até 25 por cento de utilização. Essa capacidade permite que o switch faça uso eficiente da energia, ao mesmo tempo em que tem o tamanho adequado para suportar as condições de uma carga total do sistema.

Baixa latência: A comutação cut-through permite que esses switches suportem aproximadamente 1 microssegundo de latência de porta a porta para qualquer tamanho de pacote com recursos habilitados.

Cisco Intelligent Switched Port Analyzer (SPAN) e Encapsulated SPAN (ERSPAN): SPAN e ERSPAN podem ser usados ​​para solução de problemas e monitoramento robusto de tráfego. Os recursos de SPAN e ERSPAN não causam interrupções, apenas com capacidade de largura de banda extra usada para tráfego SPAN e ERSPAN. Os aprimoramentos incluem uma alocação mais eficiente de largura de banda para tráfego SPAN e ERSPAN, de forma que qualquer largura de banda de malha não usada para tráfego de dados possa ser alocada para tráfego SPAN ou ERSPAN. O switch pode suportar até 31 sessões de SPAN e ERSPAN de taxa de linha.

Gerenciamento de buffer flexível: Os switches de 10 Gbps suportam um buffer de pacote de 25 MB compartilhado por cada 3 portas de 40 Gigabit Ethernet ou a cada 12 portas de 10 Gigabit Ethernet. A capacidade de gerenciamento de buffer flexível permite o ajuste dinâmico dos tamanhos dos buffers compartilhados e dedicados em caso de congestionamento.

Aprimoramentos de multicast: Esses switches suportam throughput multicast de camada 2 e 3 de taxa de linha para todos os tamanhos de quadro. Eles oferecem replicação multicast otimizada por meio da malha e no ponto de saída. O suporte é fornecido para 32.000 rotas multicast e para tabelas de rastreamento IGMP (Internet Group Management Protocol) no hardware. Os aprimoramentos de multicast incluem hashing baseado em fluxo para tráfego multicast em um canal de porta e suporte aprimorado de Multicast independente de protocolo bidirecional (Bidir-PIM). O switch também suporta encaminhamento baseado em IP para rastreamento IGMP.

Inter-Switch Link (ISL): O switch Cisco Nexus 5672UP-16G suporta ISLs Fibre Channel de 16 Gbps em um ambiente somente Fibre Channel ou, no caso de FCoE, ISLs de 40 Gbps. Com seis desses links de 40 Gbps disponíveis, os ISLs suportam largura de banda de 240 Gbps. Os créditos de buffer a buffer aprimorados (até 128) no novo switch agora oferecem suporte para ISLs Fibre Channel de 16 Gbps em distâncias de até 16 quilômetros.

Para obter uma lista completa dos recursos de software mais recentes com suporte na plataforma Cisco Nexus 5600 10 Gbps, consulte o boletim do produto em https://www.cisco.com/c/en/us/products/collateral/switches/nexus-5000 -series-switches / bulletin-c25-735319.html.

A plataforma Cisco Nexus 5600 de 10 Gbps oferece suporte a vários cenários de aplicativos, tornando-a uma opção versátil de data center.

Arquitetura Cisco Fabric Extender: High-Density Fabric Extender Aggregator

A Cisco Fabric Extender Technology (FEX Technology) permite que você crie uma única malha modular que se estende de switches Cisco Nexus a servidores Cisco Unified Computing System ™ (Cisco UCS & reg), adaptadores (Cisco Adapter FEX) e máquinas virtuais (Cisco Máquina Virtual do Data Center FEX [VM-FEX]). A tecnologia FEX é baseada no padrão emergente IEEE 802.1BR. Projetar a rede usando a tecnologia FEX oferece flexibilidade, infraestrutura de cabeamento reduzida e um único ponto de gerenciamento, ajudando os clientes a dimensionar suas redes. Quando os switches de 10 Gbps fazem parte de uma malha que inclui extensores de malha de plataforma Cisco Nexus 2200 e 2300, você pode usar esses extensores de malha no modo de conexão única ou dupla, usando a tecnologia de canal de porta virtual aprimorada (vPC +) para dois upstream Switches de 10 Gbps. Os servidores e hosts finais podem se conectar a extensores de malha de plataforma Cisco Nexus 2200 e 2300 simples ou duplos usando o agrupamento de placa de interface de rede (NIC) quando o switch pai Cisco Nexus 5600 plataforma de 10 Gbps tem vPC + habilitado.

A seguir estão algumas opções de implantação comuns usando o Cisco Nexus 2000 Series (incluindo as plataformas 2200 e 2300) e a plataforma 5600 de 10 Gbps:

● Servidores em rack com 100 Megabit Ethernet, 1 Gigabit Ethernet ou 10 Gigabit Ethernet NICs, o extensor de malha pode estar fisicamente localizado na parte superior do rack e o switch de 10 Gbps pode residir no meio ou no final da linha, ou o extensor de tecido e o switch de 10 Gbps podem residir no meio ou no final da linha

● Servidores em rack com NICs Ethernet de 10 Megabit em modo full duplex conectados usando o Cisco Nexus 2248TP-E Fabric Extender em conjunto com a plataforma Cisco Nexus 5600

● Ambientes Ethernet de 1 e 10 Gigabit mistos nos quais os servidores de rack estão funcionando em qualquer velocidade no mesmo rack ou em racks adjacentes

● Implantações de 10 Gigabit Ethernet e FCoE usando servidores com Adaptadores de Rede Convergida (CNAs) para ambientes de malha unificada

● Conectividade do servidor 10GBASE-T com facilidade de migração de 1 para 10GBASE-T e reutilização eficaz de cabeamento estruturado

● Servidores blade 1 e 10 Gigabit Ethernet com blades pass-through

● Ambientes de computação de baixa latência e alto desempenho

Além dessas opções, os switches de 10 Gbps fornecem valor exclusivo como uma plataforma de agregação de extensor de malha de alta densidade. Por exemplo, os switches podem ser usados ​​em conjunto com Cisco Nexus 2348UPQ, 2348TQ, 2332TQ, 2248PQ, 2232PP, 2248TP-E, 2232TM-E, 2232TM, 2248TP e 2224TP Fabric Extenders como um sistema de comutação de alta densidade, consolidando 10 Conexões Gigabit Ethernet em um único plano de gerenciamento. Além disso, uma variedade de opções de extensor de fabric blade pode ser agregada aos switches de plataforma de 10 Gbps Cisco Nexus 5600 usando 10 Gigabit Ethernet, fornecendo um único ponto de gerenciamento para implantações de servidor blade.

A Tabela 1 lista os extensores de malha compatíveis com os switches de plataforma Cisco Nexus 5600 10 Gbps. Para obter mais informações sobre os produtos e as versões mínimas de software com suporte, consulte as planilhas de dados e notas de versão da plataforma Cisco Nexus 2200 e 2300.

Tabela 1. Extensores de tecido suportados

Interface host de porta 32 x 1 / 10GBASE-T (SFP +) e até 4 interfaces QSFP + 10/40 Gigabit Ethernet fabric FCoE com suporte para até 30m com cabos Categoria 6a ou 7

Interfaces de host de porta 48 x 1 / 10GBASE-T (SFP +) e até 6 interfaces QSFP + 10/40 Gigabit Ethernet fabric FCoE suportam até 30m com cabos Categoria 6a ou 7

48 x 1 e 10 Gigabit Ethernet e interfaces de host de porta unificada (SFP +) e até 6 interfaces QSFP + 10/40 Gigabit Ethernet fabric

Interfaces de host 24 x 100 / 1000BASE-T e 2 interfaces de malha Ethernet Gigabit (SFP +)

Interfaces de host 48 x 100 / 1000BASE-T e 4 interfaces de malha Ethernet Gigabit (SFP +)

Interfaces de host 48 x 100 / 1000BASE-T e interfaces de malha 4 x 10 Gigabit Ethernet (SFP + buffer compartilhado de 32 MB)

Interfaces host de 32 x 1/10 Gigabit Ethernet e FCoE (SFP +) e 8 x 10 Gigabit Ethernet e interfaces de malha FCoE (SFP +)

Interface de host 48 x 1/10 Gigabit Ethernet SFP + e 4 x 40 Gigabit Ethernet (16 x 10 Gigabit Ethernet SFP +) interfaces de rede

Interfaces de host de 32 x 1 / 10GBASE-T e módulos de uplink 8 x 10 Gigabit Ethernet (SFP +)

Interfaces host de 32 x 1 / 10GBASE-T e módulos de uplink 8 x 10 Gigabit Ethernet (SFP +) (menor consumo de energia e taxa de erro de bit melhorada [BER])

Interfaces de host internas 16 x 1 / 10GBASE-KR e interfaces de malha Ethernet 8 x 10 Gigabit (interfaces de rede SFP +)

16 interfaces de host internas 10GBASE-KR e 8 interfaces de malha Ethernet 10 Gigabit (interfaces de rede SFP +)

16 interfaces de host internas 10GBASE-KR e 8 interfaces de malha Ethernet Gigabit (interfaces de rede SFP +)

14 interfaces de host internas 1 / 10GBASE-KR e 8 x 10 Gigabit Ethernet fabric (interfaces de rede SFP +)

Tecido em grande escala (camadas 2 e 3): arquitetura folha e lombada

Os projetos do data center estão evoluindo, com os clientes buscando construir tecidos não bloqueadores em grande escala para acomodar diferentes aplicações, criando padrões de tráfego intenso leste-oeste e norte-sul. Os switches de 10 Gbps da plataforma Cisco Nexus 5600 são adequados para nós folha e coluna em um design de malha de Camada 2 ou 3. Projetos tipo folha e coluna usando switches de alta densidade e baixa latência levam a uma arquitetura de rede mais plana, permitindo conexões que escalam de centenas a mais de 10.000 servidores com alta largura de banda bidirecional e ajudando a garantir malha de baixa latência com baixa contagem de saltos. Os switches spine criam uma malha não bloqueante e de baixa latência, encaminhando pacotes entre switches leaf. Os switches leaf fornecem conectividade aos servidores. O uso de uma arquitetura altamente entrelaçada ajuda a garantir a mais alta disponibilidade de rede possível, com pouco impacto no tráfego do cliente em caso de falha. Os switches de 10 Gbps podem ser implantados como switches spine ou leaf de Camada 2 ou 3, fornecendo um alto grau de flexibilidade de design.

O Cisco Unified Fabric combina datacenter e redes de armazenamento para fornecer uma única rede de alto desempenho, alta disponibilidade e escalonável. Com os switches de plataforma Cisco Nexus 5600 de 10 Gbps, a Cisco pode oferecer suporte à convergência de data center de ponta a ponta, do servidor ao armazenamento, fornecendo capacidade FCoE de vários saltos no data center. A capacidade FCoE complementa a função FCoE existente na plataforma Cisco Nexus 5600 10 Gbps. Com esta ampla seleção de switches FCoE baseados em padrões, a Cisco fornece suporte de malha unificada para as camadas de rede central e de acesso, suportando todo o tráfego de armazenamento (FCoE, Small Computer System Interface over IP [iSCSI] e Network-Attached Storage [NAS] ) em uma infraestrutura simplificada baseada em 10 e 40 Gigabit Ethernet sem perdas.

Os switches de plataforma de 10 Gbps Cisco Nexus 5600 podem ser implantados como switches de camada de acesso Small Form-Factor (SFF) de alta densidade para consolidar um grande número de servidores 10 Gigabit Ethernet em implantações que exigem apenas um pequeno número de saltos do servidor para a rede upstream para reduzir a latência. Eles têm uma alta densidade de portas 10 Gigabit Ethernet por unidade de rack, aproximadamente 1 microssegundo de latência de porta para porta para qualquer tamanho de pacote, recursos integrados de camada 2 e 3 de taxa de linha, escalabilidade e análise de dados integrada com programabilidade. Eles atendem às necessidades dos ambientes High-Performance Computing (HPC) e High-Frequency Trading (HFT), para os quais as soluções InfiniBand carecem de visibilidade de gerenciamento e alto desempenho de transferências de dados em massa em aplicativos tradicionais.

A capacidade de funcionar em todas essas capacidades ajuda a proteger os investimentos no data center com um modelo de implantação no qual recursos adicionais podem ser ativados conforme necessário.

Visão geral do software Cisco NX-OS

O NX-OS é um sistema operacional de data center desenvolvido especificamente para desempenho, resiliência, escalabilidade, capacidade de gerenciamento e programação. NX-OS meets Ethernet and storage networking requirements, providing a robust and comprehensive feature set that can meet the demanding requirements of virtualization and automation in present and future data centers. The enhanced Cisco fabric solution allows the transparent integration of the virtual and physical devices on a unified network. In addition, users can use the comprehensive NX-OS service set to create unique innovations for customized solutions. With its MIBs, native XML interface, and Command-Line Interface (CLI) like that of Cisco IOS ® Software, NX-OS provides drastically simplified management for the devices in which it runs.

Cisco Prime Data Center Network Manager

Cisco Prime ™ Data Center Network Manager (DCNM) provides LAN and SAN management capabilities for the Cisco Nexus and Cisco MDS 9000 Families. DCNM provides a GUI that reduces Operating Expenses (OpEx) compared to traditional CLI methods and allows efficient operation control, monitoring, provisioning, and troubleshooting for your NX-OS devices. The main features include the following:

● Unified fabric visibility and topology display with VMware vSphere integration shows the connectivity from the virtual machine to the VMware ESX host and to the switch and the storage array.

● Event aggregation and filtering helps you quickly find the information you need and identify network problems.

● Deployment wizards and user-modifiable templates help you implement best practices.

● Role-Based Access Control (RBAC) helps secure devices and provide appropriate delegation.

● Integrated domain dashboards, health monitoring, reporting, change tracking, and user auditing provides comprehensive management capabilities.

● Trend monitoring of ports and traffic allow you to optimize your existing resources and anticipate new resource requirements.


Problem: Battery drains quickly

We use our iPhones so much that battery life can be a problem, but in the Apple support forum, some people have been complaining about unusual, rapid battery drain. We found that our iPhone 8 drains quite quickly when playing AR games, but generally the battery life is pretty good. If you’re suffering with an iPhone 8 battery that drains quickly, here’s what to try:

Possible fixes:

  • Take a look at our guide on how to save battery life for a host of handy tips.
  • If those tips don’t work for you, then it’s probably worth trying a factory reset. Make sure you back up first, but after wiping your iPhone, consider setting it up as new — don’t restore your backup — and test to see if the battery problem returns. If it doesn’t, then it’s possible that something in your old settings or an app you had installed was causing the issue.
  • If you do still have battery issues after a factory reset and without restoring your backup, then it could be a hardware fault and you’re going to want to take it into Apple for further testing.

'Power' to return with final five episodes in January

Nov. 4 (UPI) -- Starz announced on Monday the final five episodes of Power will premiere on Jan. 5 at 8 p.m. EDT.

The episodes will close out the crime drama's sixth and final season. A spinoff series titled Power Book II: Ghost featuring Mary J. Blige, is in the works.

The mid-season finale feature series lead James 'Ghost' St. Patrick (Omari Hardwick) being shot and possibly killed by an unknown assailant.

Starz released a teaser trailer for the final five episodes featuring the seven possible shooters which include Tommy Egan (Joseph Sikora).

Power, from creator and showrunner Courtney A. Kemp and executive producer Curtis '50 Cent' Jackson, premiered on Starz in 2014. Naturi Naughton, Lela Loren and Shane Johnson also star.


8 Shows Like Good Witch You Should Watch If You Like Good Witch

Good Witch is back! After what seemed like forever, Hallmark's Good Witch Season 7 finally premiered on May 16, delivering a comforting return to the town of Middleton to catch up with Cassie (Catherine Bell) and Grace (Bailee Madison). But if you've already watched the premiere a million times and are tired of waiting for a new episode of Good Witch, you can always entertain yourself with more shows about witches, quirky small towns, and powerful women.

All of the little elements that make Good Witch such a fun series can be found in other shows, so if you're looking for something similar to watch next, we've got you covered! From magical teens to small-town drama, here are a few series like Good Witch that you should watch next!

Looking for more recommendations of what to watch next? We have a ton of them! And if you're looking for more hand-picked recommendations based on shows you love, we have those too.

The Good Witch (TV Movies)

The first and most obvious choice as a substitute is to watch any of Hallmark's The Good Witch TV movies that the series spun off from. It may seem crazy, but there are actually fans out there that didn't watch these movies before watching the TV show. If you're one of them, hop on these prequels ASAP and then do a series rewatch. You'll thank us later. They're full of storylines that have gotten shoutouts on the series, including Cassie's love story with her first husband, who left her a widow in the pilot. [Watch on Amazon Prime with Hallmark Movies Now]

Legacies

If you're looking for a series that has all the small-town drama of Good Witch with a little more magic and monsters on the side, Legacies is the show for you. Set in a small town with a secret magical school for youngsters, Legacies focuses on a group of teen witches, vampires, werewolves, and other supernatural creatures as they try to defend their home from weekly incursions of monsters. Be warned though, Legacies is a spin-off of The Originals, which is itself a spin-off of The Vampire Diaries, so binge-watching this show might tempt you to binge the other two, and that might occupy the rest of your year. [Watch on Netflix, The CW]

Gilmore Girls

Lauren Graham and Alexis Bledel, Gilmore Girls: A Year in the Life

This one might seem like an odd addition to the list, but there's just no denying the similarities between Gilmore Girls e Good Witch. They both follow a single mother raising her daughter in an eccentric American town with enough hijinks to create years of good TV. From the nosy mayor to the "new kid in town" romantic subplots, these two series surprisingly have more in common than not. The only real difference is that Lorelai (Lauren Graham) and Rory's (Alexis Bledel) "powers" are the ability to drink endless amounts of coffee and talk double-time. [Watch on Netflix]

Witches of East End

We can't imagine a world in which any fans of Good Witch have not also watched every season of Witches of East End, but if that's the case, you're in for a treat. This series might be less wholesome than you're looking for -- the benefits of being on Lifetime instead of Hallmark -- but it has that uncanny ability to melt your heart. The witches in the series also come complete with past lives and eternal youth in some cases, so there are so seriously cool flashbacks to keep things interesting when you're not focused on the steamy romances. [Watch on Hulu, IMDb TV (free with ads)]

The Secret Circle

If you loved Cassie's teenage daughter Grace's storylines in Good Witch, we suggest a short and sweet binge of The CW's The Secret Circle. Though it ventures a little further into the dark side of magic, The Secret Circle indulges in all the juicy teen drama of young witches discovering and learning to use their powers while trying to keep a lot of odd behavior secret. There's also a great mystery at the heart of the show, so even though it got canceled after only one season, it's still worth a look! [Watch on CW Seed]

Sweet Magnolias

Netflix's Sweet Magnolias may not have the supernatural element you love from Good Witch, but it's got all the same quaint, character-driven story arcs you'll know and love. A single mom in a small town finding unexpected love while gossipy townies get in the way at every turn? Yep, sure sounds like a great Good Witch alternative to us! And just like Good Witch, Sweet Magnolias makes the excellent point that your first epic love doesn't always have to be your last. [Watch on Netflix] [More shows like Sweet Magnolias]

When Calls the Heart

If you're looking for a show that's got major "kick back with a glass of wine and just forget about the world for a while" vibes, Hallmark's When Calls the Heart is your ticket. Set in frontier times, this series has all the good hallmarks (see what we did there?) of a feel-good story full of happiness and heartbreak. If you're looking for a slow-burn love story that just a wholesome as Cassie and Sam's, this should definitely be your next binge. And with seven seasons under its belt, this one will definitely keep you glued to your TV for a while. [Watch on Amazon Prime (for purchase)]

Charmed

Sarah Jeffery, Madeleine Mantock and Melonie Diaz, Charmed

If you're in the mood to double down on magical shenanigans and girl power, the CW's Charmed reboot has a modern take on a family of witches balancing their personal lives with their magical ones. Rather than a mother/daughter duo, Charmed tells the story of three sister witches whose problems range from rushing college sororities to fighting the Source of All Evil. Talk about women who can multi-task! This show also has a fun vibe that hooks you in and really lets you invest in the character's personal lives, just like Good Witch! [Watch on Netflix, The CW]


Powering a series circuit:

The loop concept is no problem by now and you definitely could figure how how to wire it, but how about powering a series circuit.

The second bullet point above states, “The total voltage of the circuit is the sum of the voltages across each LED”. This means you have to supply, at minimum, the sum of the forward voltages of each LED. Lets take a look at this by using the above circuit again as an example and lets assume the LED is a Cree XP-L driven at 1050mA with a forward voltage of 2.95V. The sum of three of these LED forward voltages is equal to 8.85Vdc. So theoretically, 8.85V is the minimum required input voltage to drive this circuit.

In the beginning, we mentioned using a constant current LED driver because these power modules can vary their output voltages to match the series circuit. As LEDs heat up their forward voltages change, so it’s important to use a driver that can vary its output voltage, but keep the same output current. For a deeper understanding of LED drivers take a look here. But, in general it’s important to make sure that your input voltage into the driver can deliver an output voltage equal to or greater than the 8.85V we figured above. Some drivers require inputting slightly more to account for powering the internal circuitry of the driver (the BuckBlock Driver needs a 2V overhead), while others have boosting (FlexBlock) features that allow you to input less.

Hopefully you are able to find a driver that can accomplish your LED circuit with the diodes in-series, however there are circumstances that might make it impossible. Sometimes the input voltage might not be enough to power multiple LEDs in-series, or maybe there are too many LEDs to have in-series or you just want to limit the cost of LED drivers. Whatever the reason, here is how to understand and configure a parallel LED circuit.


What are the 'Power' spin-off shows and when do they premiere?

The second series in the franchise is titled Power Book II: Ghost and will debut in a few months. The storyline picks up just days after the events of Power’s final episode, and follows several familiar faces, including Tariq St. Patrick (Michael Rainey Jr.), Tasha St. Patrick (Naturi Naughton), Cooper Saxe (Shane Johnson), and Tameika Robinson (Quincy Tyler Bernstine).

As fans learned in the OG drama’s last few moments (SPOILER ALERT!), Tariq is the one who killed his father, Ghost, but his mother Tasha is currently behind bars for the murder. 

Power Book II will focus on Tariq’s new life as a freshman in college "in which his desire to shed his father’s legacy comes up against the mounting pressure to save his family." Method Man and Mary J. Blige also join the show in mystery roles. 

As for the other three spin-offs, their casts are either shrouded in secrecy or have yet to be set, though we do know that each show revolves around a character already established in the world of Power.

Power Book III: Raising Kanan is the first prequel in the franchise, and will explore the early years of Kanan Stark (50 Cent) — aka the �s. It&aposs currently unclear in what capacity the rapper will appear on the series, but we don’t doubt that he’ll be on screen at some point.


Assista o vídeo: Especial: Como evitar a Fadiga durante o dia. (Outubro 2021).